Prorrogado prazo de candidaturas para a Copa do Mundo do Empreendedorismo

Evento é uma oportunidade para empreendedores estabelecerem conexões com ecossistemas de inovação e potenciais investidores

Foi prorrogado, até o dia 21 de julho, o prazo para a apresentação de candidaturas para a Copa do Mundo de Empreendedorismo ou Entrepreneurship World Cup (EWC). A jornada é aberta para todos as pessoas que possuem um projeto de inovação, seja ele em estágio de ideia, estágio inicial ou estágio de crescimento. Nesta edição, a EWC reúne 187 países. Em 2019, 600 pessoas representaram o Brasil, com diversos finalistas participando da expedição. O objetivo principal do evento é estimular que qualquer pessoa, de qualquer região do mundo, inicie ou expanda um negócio, promovendo um intercâmbio entre os mais diversos segmentos.

O Sebrae é responsável pela comissão seletiva das etapas nacionais, que antecedem as fases globais, além de incentivar a participação dos empreendedores que desejam fazer parte do evento. A Copa do Mundo oferece 118 prêmios que, somados, chegam a US$ 5 milhões e podem ser usados em diversas atividades, como treinamentos, recursos, conexões, orientações, oportunidades de investimento e aceleração, entre outras.

Além de uma competição, a possibilidade de apresentar um projeto em nível mundial, é um dos principais atrativos da Copa do Mundo do Empreendedorismo. O evento é uma oportunidade para os empreendedores se conectarem a outros ecossistemas inovadores e terem acesso a instituições internacionais que apoiam o segmento e até encontrarem investidores para o negócio. Para realizar as inscrições, os interessados devem acessar o site da Entrepreneurship World Cup.

No ano passado, a brasileira Laura Marsiaj Ribeiro, cofundadora + CEO da “Eu Ensino” foi selecionada para a final da Copa na Arábia Saudita. Seu projeto era um balcão único on-line para recursos de treinamento de professores, com sede em São Paulo. O “Eu Ensino” utiliza sua plataforma tecnológica para aumentar o alcance de técnicas de gerenciamento socioemocional em sala de aula, compartilhamento de melhores práticas e trilhas distintas de treinamento de professores; fornecendo, assim, uma solução escalável para os sistemas educacionais.

Por Agência Sebrae de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *