Profissionais e gestores terão Programa Educacional em Saúde Digital

O programa visa qualificar a formação de profissionais e gestores de Saúde para a implementação da Estratégia de Saúde Digital para o Brasil

O Ministério da Saúde em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), abriu inscrições para o primeiro de três cursos do Programa Educacional em Saúde Digital. A iniciativa tem como objetivo qualificar a formação de profissionais e gestores de saúde e promover o uso de recursos de tecnologia da informação e comunicação (TIC) para melhoria da qualidade e do atendimento do cidadão. Na capacitação, os profissionais e gestores aprendem como se beneficiar das TIC para o uso efetivo da informação clínica na atenção em saúde do cidadão. A ação é parte do esforço da pasta na Estratégida de Saúde Digital do governo brasileiro.

Os três micro cursos, com conteúdo 100% online, serão direcionados aos gestores municipais e estaduais de saúde; profissionais de saúde de nível médio ou superior – preferencialmente aqueles que compõem as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e utilizam prontuário eletrônico para os registros de informações clínicas de pacientes – e público em geral.

As inscrições de matrícula para o primeiro microcurso vai até 11 de outubro. O tema do curso é a Trajetória da Saúde Digital no Brasil e aborda o conjunto de ações de tecnologia da informação e comunicação para a efetividade da qualidade da atenção à saúde. Terá 10h de duração e visa definir os conceitos sobre a Saúde Digital e conhecer os marcos legais sobre a Saúde Digital no país.

O segundo microcurso, com o tópico a Rede Nacional de Dados em Saúde, foi motivado pela necessidade de sensibilizar e preparar os profissionais e gestores do sistema de saúde brasileiro para a implementação da Saúde Digital no Brasil. Os participantes serão introduzidos ao conceito e ações do Programa Conecte SUS e em particular receberão conhecimento para o uso da Rede Nacional de Dados, onde terão conteúdos que tratam da forma integrada, contínua, eficiente e de qualidade da alimentação de informações da base de dados que alimentam os serviços informacionacionais dessa rede, como CNS, CNES, SIA, SIH, SIPNI, SISAB, TISS, BNAFAR, RTS e Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL). O curso tem a carga-horário de 15h.

Já o terceiro microcurso, com o tema Segurança e Ética no compartilhamento de dados pessoais de Saúde, tem o objetivo de capacitar profissionais da área de saúde pelos princípios da Lei Geral de Proteção de Dados, de forma que estejam qualificados para desenvolver o uso ético dos dados de saúde. O curso possui 15h de duração.

Clique aqui para fazer sua inscrição

Por Agência Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *