SP: hospital de campanha do Anhembi registra duas mortes em 24 horas

Unidade de saúde estava hoje com 398 pacientes internados

Nas últimas 24 horas, duas pessoas morreram no hospital de campanha do Anhembi, em São Paulo, vítimas de covid-19. Segundo a prefeitura de São Paulo, os pacientes eram do sexo masculino, com 43 e 79 anos, e tinham comorbidades (doenças prévias).  

O hospital do Anhembi tinha hoje (28) 398 pacientes internados, sendo que 26 deles estavam em salas de estabilização, equipadas para casos mais graves. O hospital terá 1,8 mil leitos, mas até a semana passada operava com 887. Já o do Pacaembu estava com uma ocupação expressiva de leitos nesta terça-feira. Dos 200 leitos que existem no local, 143 estavam ocupados, sendo que cinco estavam na sala de estabilização. Desde que foram criados, até hoje, 592 pessoas receberam alta após terem passado pelos hospitais.

Os hospitais de campanha foram criados para atender pacientes com o novo coronavírus em situação de baixa ou média complexidade. Os hospitais têm portas fechadas: pacientes só chegam a eles transferidos de outras unidades de saúde.

Hospitais municipais

Já nos 20 hospitais municipais da cidade, a taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) está em torno de 75%.

A secretaria informou ainda, em seu recente boletim sobre  o novo coronavírus na cidade, que 3.106 funcionários municipais da área da saúde estão afastados neste momento, sendo que 713 tiveram diagnóstico confirmado para a doença. Também foram confirmadas 13 mortes de profissionais da saúde municipais por covid-19.

Segundo a secretaria, a cidade de São Paulo tem hoje 15.213 casos confirmados do novo coronavírus, com 1.337 mortes.

Por Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *