Aviação: Confira dicas de como viajar com bebês

  • Bebês podem sofrer nos momentos próximos à decolagem e ao pouso por causa da pressão no ouvido. Amamentar ou oferecer mamadeira e chupeta ajudam a aliviar a pressão e diminuem o desconforto.
  • Reduzir a luz individualdeixa o ambiente mais confortável para os pequenos e aumenta a chance de pegarem no sono.
  • Em boa parte dos voos há televisores individuais e canais de música, que ajudam a distrair as crianças.
  • Sempre que possível, valetrocar a fralda antes de embarcar, embora os banheiros dos aviões geralmente tenham trocadores. Quando não houver um local reservado ou caso precise de mais espaço para trocar a criança, peça ajuda para a tripulação.
  • Leve na bagagem de mão os itens básicos para o cuidado da criança, como fraldas, lenços umedecidos, paninhos, roupa extra, blusa de frio, cobertor pequeno e remédios. Vale levar as mamadeiras já com a fórmula (depois é só acrescentar água), papinhas e alimentos leves. Lembre-se ainda de colocar na mala pequenos brinquedos que não façam barulho, como pelúcias e livros para a distração dos pequenos.





O carrinho de bebê pode ser usado até o momento de embarque — nesse caso, ele é recolhido na entrada do avião e despachado para o transporte no compartimento de bagagens. No desembarque, o carrinho também pode ser entregue na saída do avião. Mas, caso o passageiro prefira, pode despachá-lo junto com a bagagem e retirá-lo na esteira — isso poupa tempo na inspeção de segurança.  




Já o bebê conforto ou cadeirinha de carro podem ser acomodados no assento do avião, desde que a criança tenha um lugar comprado para ela (normalmente, crianças abaixo de dois anos podem viajar no colo). Quem viaja com bebês tem os seguintes direitos:

AVIANCA

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) ou criança (de 2 a 12 anos) têm direito a levar 1 carrinho de bebê ou 1 bebê conforto ou 1 cadeirinha, adicional à franquia de bagagem de mão ou despachada, atendendo aos limites de dimensões.Mais informações no site da AVIANCA.

AZUL

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a despachar gratuitamente 1 carrinho de bebê ou 1 bebê conforto ou 1 cadeirinha como franquia extra — em voos internacionais, modelos de carrinhos com dimensões máximas de 115 cm (35 cm x 25 cm x 55 cm) e com até 10 kg podem ser levados a bordo.

Mais informações no site da AZUL.

GOL

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a despachar gratuitamente 1 carrinho de bebê, 1 bebê conforto ou 1 cadeirinha como franquia extra. Em voos nacionais, se precisar levar outros itens, eles serão descontados de sua franquia de bagagem. Em voos internacionais, o bebê tem direito também a 10 kg de franquia de bagagem.

Mais informações no site da GOL.

LATAM

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a levar gratuitamente 1 carrinho de bebê desmontável ou 1 cadeirinha ou 1 moisés como franquia extra — na cabine do avião, se houver espaço, ou despachados.

Passageiros com bebê (até 2 anos) têm direito a despachar uma peça de 23 kg, além da gratuidade descrita acima.

Mais informações no site da LATAM.

MAP

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a despachar gratuitamente 1 carrinho de bebê dobrável ou 1 bebê conforto ou 1 cadeirinha.

Mais informações no site da MAP.




PASSAREDOPassageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a levar gratuitamente 1 carrinho de bebê desmontável e 1 bebê conforto ou 1 carrinho de bebê e 1 cadeirinha de automóvel.

Mais informações no site da PASSAREDO.

TAP

Passageiros com bebê de colo (até 2 anos) têm direito a levar uma bagagem de 10 kg, além de 1 carrinho de bebê dobrável, 1 cadeirinha ou 1 cesta. Essa regra não vale para quem viajar com tarifa Discount — nesse caso, é apenas permitido o despacho de uma das três peças citadas acima.

Mais informações no site daTAP.

SERVIÇO DE BERÇO E REFEIÇÕES ESPECIAIS

Algumas empresas aéreas oferecem serviço de berço ou cadeirinha de bebê, que deve ser solicitado com antecedência pela central de atendimento. Ele está sujeito à disponibilidade no avião, depende do peso e do tamanho do bebê e pode ser gratuito ou pago.

Em voos internacionais de longa distância, o passageiro pode solicitar refeições especiais para bebês ou crianças. Recomenda-se fazer o pedido com pelo menos 48 horas de antecedência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *